Livre- se do Mau Humor


Atitudes positivas ajudam a superar dificuldades


Alguma vez você já deu um “bom dia” e obteve um “bom dia por quê?” de volta? Ou um “Oi, meu amor! Como foi o seu dia?” e o outro respondeu algo como “o trabalho foi péssimo, os colegas de trabalho são falsos e meu salário é muito baixo”?


Já parou para pensar em quantos momentos felizes vocês já devem ter perdido por causa do mau humor? Geralmente, ele é desencadeado por problemas do cotidiano como trânsito, falta de dinheiro, contas a pagar, e com o tempo a pessoa acaba se irritando à toa, só enxergando o lado negativo das coisas não se sentindo feliz com nada. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 3% da população tem distimia – fase crônica do mau humor – , que pode atingir duas vezes mais as mulheres do que os homens. Se não for tratada, a doença pode desencadear numa depressão. Para que isso não aconteça, tome já as atitudes necessárias para se livrar de vez desse problema.

Exercite o amor dentro de você

Lembre-se de que só o amor pode levá-los a uma relação de equilíbrio. Exercitar o amor em pequenos gestos como dizer “Eu Te Amo” sem esperar nada em troca pode ser um grande passo para começar e seguir na fé acreditando no matrimônio.

 De acordo com o bispo Edir Macedo, no livro “O Perfil da Mulher de Deus”, é importante que as pessoas continuem apostando na felicidade no casamento.“Do ponto de vista bíblico e cristão, o casamento é a união de duas pessoas, de sexos opostos, que se acreditam mutuamente. Elas creem que, unidas sob as bênçãos de Deus, podem construir um lar solidificado no verdadeiro amor”, diz o bispo.

É claro que isso não pode partir apenas de um dos lados. O fundamental é que ambos estejam engajados em manter a harmonia do casal. E a mulher sempre vai continuar a exercer um papel importante, pois desde a Criação Deus sabia o quanto ela era importante para a felicidade do homem na Terra, como explica bispo Macedo.

“Quando Deus disse “…Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea” (Gênesis 2.18), certamente não estava pensando apenas na solidão de Adão, mas em todo o desenvolvimento da Criação, pois Ele sabia que tudo quanto havia criado necessitava ser sujeitado e dominado” diz o bispo. E não se esqueça de sorrir para a vida, pois ela é um privilégio que temos que aproveitar e pelo qual devemos agradecer a Deus todos os dias.

Reações: