BENÇÃO

"A benção do Senhor é que enriquece; e não traz consigo desgostos". (Provérbios 10.22)

CAMINHADA DO AMOR

A caminhada do amor foi realizada em maio de 2013 no Parque do Sábia em Uberlândia

TERAPIA DO AMOR

Um encontro que vai marcar a sua vida! Seja para a cura interior, pela solução no casamento, seja pela realização do seu sonho sentimental...

PARTICIPE DA TERAPIA DO AMOR E DA FÉ

Aqui você terá a direção certa! Terapia do Amor- Sabado as 15 horas e especialmente as 19 horas na Avenida João Naves de Avila,261-Centro de Uberlândia.


O esmalte certo para cada tipo de pele



Peles Brancas:

Você pode abusar de tons escuros e cores vivas. Se você não quiser chamar atenção use tons claros cintilantes. Se você é moderna, experimente a francesinha colorida.
EVITE: TONS AMARELADOS

Peles Negras:

As negras são as mais 'sortudas', porque combinam com a maioria das tonalidades. Quase todas as cores ficam boas na pele negra.
EVITE: BRANCO CREMOSO

Peles Morenas:

As cores rosa, vinho e vermelho sangue ficam perfeitas em você. Esmaltes de tons metálicos, perolados ou prateados realçam sua pele.
EVITE: TONS AMARELADOS

Peles Orientais:

Procure investir em tons pastel ou nos vermelhos considerados mais 'abertos'. O clássico branco é ótimo também!
EVITE: TONS AMARELADOS




Pele


Qual é o seu tipo de pele?
Descubra qual é o seu tipo de pele e quais os cuidados indispensáveis


Normal, oleosa, seca ou mista. Cada tipo de pele merece cuidados especiais, saber qual deles é o seu ajuda na hora de escolher o cosmético ideal para manter sua pele bonita, usar o produto errado pode ser prejudicial.

Você sabe qual é o seu tipo de pele?

Se você ainda não descobriu, aproveite para fazer um teste simples em casa. Você só vai precisar de um lenço de papel. Pela manhã, antes de lavar o rosto, pressione o lenço de forma suave sobre o rosto por alguns segundos, sem esfregar. Confira o resultado:

- Se as marcas de gordura no papel forem mínimas, pele normal
- Se o papel ficar marcado de maneira uniforme, pele oleosa
- Se não houver nenhuma mancha de gordura, pele seca
- Se o papel ficar marcado em apenas alguns lugares e as manchas corresponderem à zona T (testa, nariz e queixo), pele mista

Agora que você já sabe qual é o seu tipo de pele, confira quais as principais características e os cuidados indispensáveis para cada um deles.

Pele normal

É equilibrada, não é oleosa e nem seca demais. Geralmente tem aparência uniforme e sem manchas, os poros são fechados. Não necessita de cuidados específicos e aceita todos os tipos de produto, os com textura líquida, cremosa, em mousse, creme ou em pó.

Pele oleosa

Os poros são dilatados, apresenta um brilho excessivo que precisa ser controlado. A oleosidade da pele se concentra na chamada zona T do rosto, a região entre o nariz, testa e queixo. São as características perfeitas para o aparecimento freqüente de cravos e espinhas. Produtos com óleo na fórmula são proibidos para quem tem pele oleosa, prefira as versões oil-free (sem óleo) ou em gel, a maquiagem deve ser em pó.

Pele seca

É uma pele sem vida, de aspecto opaco e áspero. Tem menor elasticidade e pode apresentar manchas, rugas e marcas de expressão com maior facilidade. Necessita de hidratação intensa, pois tem pouca oleosidade natural. Evite os produtos secos e em pó, as versões líquidas ou em mousse ajudam a realçar o brilho da pele.

Pele mista

É a mais comum entre os tipos de pele. Possui oleosidade excessiva na chamada a região entre o nariz, testa e queixo (zona T) e é seca no restante do rosto. Para deixar a pele mista com aparência uniforme e equilibrada, é necessário remover a oleosidade apenas da zona T. Os produtos ideais para esse tipo de pele são os de textura leve, sem óleo, líquidos, em forma de mousse e à base de água.


MATÉRIAS RELACIONADAS:

O ESMALTE CERTO PARA CADA TIPO DE PELE

APRENDA A USAR A QUANTIDADE CERTA DE PRODUTOS DE BELEZA

Penteado nó duplo


Penteado nó duplo
 
                        Aprenda a amarrar os fios com um penteado diferente e muito elegante 

Os penteados presos continuam em alta, mas na hora de arrumar os cabelos, nada muito elaborado e nem complicado. O melhor é apostar nos penteados que são práticos, podem ser feito em casa mesmo e deixam o look charmoso em qualquer ocasião.
O penteado nó duplo é um bom exemplo dessa tendencia em penteados. É um tipo de coque amarrado que dá um ar mais despojado e ao mesmo tempo romântico ao visual.
Qualquer mulher pode investir no penteado nó duplo, pois ele é muito simples e rápido de fazer, em alguns minutos é possível ter os fios amarrados de uma forma diferente e elegante, basta seguir as dicas.
Como fazer o penteado nó duplo
Divida o cabelo atrás em duas partes iguais. Em seguida, segure as mechas e junte as duas pontas dando o primeiro nó e logo após o segundo.

Para manter o penteado firme, prenda as laterais com grampinhos de forma que não apareçam. Aplique um pouco de spray por todo o cabelo para fixar o penteado.

Uma dica para deixar o nó duplo no cabelo mais bonito e moderno, é fazê-lo no estilo mais desarrumado com alguns fios soltos. Se quiser deixar o nó duplo com mais volume, o ideal é desfiar o cabelo todo com um pente antes de seguir as instruções.

Cabelos

Cabelo preso ao lado: aprenda como fazer este penteado

Moda na década de 80, o cabelo preso ao lado está de volta, mais moderno e despojado. Marcando presença nas passarelas e entre as celebridades, este penteado promete fazer a cabeça das mulheres.

O cabelo preso ao lado é apropriado para ocasiões que pedem cabelos mais glamourosos. Invista neste penteado em eventos formais, como casamentos, formaturas. O penteado do cabelo preso ao lado também pode ser usado em ocasiões informais como festas, eventos de trabalho e outras comemorações.

Mesmo sendo um penteado clássico, ele combina com qualquer idade e pode ser feito de forma desestruturada ou mais arrumada, isso vai depender muito do estilo e gosto de cada mulher. Caso queira um penteado mais despojado, abuse dos acessórios como flores ou fivelas nos fios. Para deixar mais natural, o uso do baby liss nas pontas é uma ótima opção.

Dicas para não errar no penteado


O penteado do cabelo preso ao lado é realmente fácil, prático e pode ser feito em casa tranquilamente. Para não ter erro e deixar o penteado bonito, antes de começar é preciso escovar o cabelo e usar mousse para estruturar bem os fios. Não esqueça que o uso de grampos e finalizador durante o procedimento também é importante. Mulheres com os cabelos mais crespos devem utilizar pomada.

Aprenda o passo-a-passo de como fazer o cabelo preso ao lado com o vídeo abaixo.
video

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
MATÉRIAS RELACIONADAS:
 


 

Como escolher as alianças


 
 Uma tarefa que parece tão simples, mas na hora de executá-la não é! A escolha das alianças. O mercado hoje oferece uma quantidade enorme de opções de design, espessura e material.



Cabe ao casal olhar para um par e se identificar com ele.



Curiosidade: A aliança de casamento usada como símbolo de matrimônio e noivado surgiu entre os gregos e romanos, que importaram o costume hindu de usar alianças de casamento. A cultura Romana acreditava que através do terceiro dedo da mão esquerda passava uma veia que estava diretamente ligada ao coração, sendo assim, este dedo foi escolhido para o uso das alianças de casamento. Aliás, ainda hoje, esse costume é praticado nos casamentos islâmicos.



Aqui vão algumas dicas:



A) Alianças de prata ou ouro branco



As alianças de prata ou ouro branco podem servir tanto para casamento, quanto como anel de compromisso. Se o casal é moderno, não deixe de acatar a vontade de vocês e entreguem-se ao sonho. Elas são lindas e como as de ouro dourado, também possuem uma gama de opções. Podendo ser grossas, finas, trabalhas ou foscas. As alianças de prata ou ouro branco são charme e determinarão que o casal é de muita personalidade.



B) Alianças de ouro dourado



As alianças de ouro dourado só tornaram-se comuns apenas na época medieval, pois as primeiras foram feitas de ferro. A princípio, as alianças de ouro eram vistas como um aviso a outros pretendentes de que a noiva já não estava disponível. Acredita-se também, que os Faraós do Egito, usavam um círculo, sem começo ou fim, como um símbolo da eternidade. Porém, o uso como promessa pública de honrar um contrato de casamento só tornou-se comum na era Romana. Possui uma quantidade infinita de modelos, algumas com pedras e até detalhes em ouro branco.

FOTOS DIVERSAS