Escolhida de Deus

Lia casou- se com Jacó contra a vontade dele. E após uma semana ele se casou com seu verdadeiro amor, Raquel, fazendo de Lia a esposa negligenciada.
 Além do fato de sua irmã mais nova ser mais bonita, Raquel tinha o coração do seu marido.

Deve ter sido muito difícil para Lia suportar um casamento em que se sentia excluída e sem amor; um peso desnecessário. Mas, mesmo em meio a todo aquele sofrimento, Lia nunca deixou de amar Jacó e, por causa disso, Deus lhe abençoou com muitos filhos, Raquel era completamente diferente de Lia, apesar do fato de ter o amor exclusivo de seu marido e de ser mais bonita, ela não temia a Deus e invejava sua irmã.

Lia tinha todos os motivos para desprezar Raquel, mas fez exatamente o contrario, pois, ela tinha um bom coração; foi ela quem deu á luz Judá, em cuja origem o nosso Salvador Jesus nasceu.

A que tinha tudo, afinal, não tinha nada! A que não tinha nada, na verdade, tinha tudo. Lia era uma boa mulher, ela admirava seu marido mesmo sem ser amada por ele. Ela não se voltou contra Deus por causa de seus infortúnios, ao contrário de Raquel, e foi escolhida e honrada por Deus.



                                                                                                                     Na fé
                                                                                                                   Tatiana Silva







Reações: